Assuntos de Goiás TV

sábado, 2 de novembro de 2013

Denunciada em 2012, corrupção de fiscais na Prefeitura de SP foi ignorada por Kassab

A denúncia foi feita de maneira anônima no dia 29 de outubro do ano passado, “a emissão do certificado de quitação do ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) é controlada por um funcionário, o carioca Luis Alexandre, o qual - segundo ele mesmo -, por ordem de seus superiores Carlos di Lallo, Barcellos e Ronilson, somente pode ser emitido mediante o pagamento de propina”.

O grupo então denunciado é o mesmo que foi preso nesta semana, e que está no 77º Distrito Policial de Santa Cecília, a pedido do Ministério Público. Luis Alexandre Cardoso de Magalhães, Ronilson Bezerra Rodrigues, Carlos Augusto di Lallo Leite do Amaral e Eduardo Horle Barcellos faziam parte, de acordo com a Promotoria, de uma quadrilha que utilizava a sua posição para desviar recursos públicos, gerando um grande enriquecimento ilícito para cada um dos envolvidos.
Leia mais: Denunciada em 2012, corrupção de fiscais na Prefeitura de SP foi ignorada por Kassab - Notícias - R7 São Paulo

sábado, 26 de outubro de 2013

24 foram eliminados por postar fotos na web no 1º dia do Enem, diz MEC

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou na tarde deste sábado (26) que no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 24 pessoas foram identificadas e eliminados por publicarem na web fotos de dentro da sala de provas. Segundo Mecadante, a "ampla maioria" dos candidatos eliminados é formada de estudantes de escolas particulares que pagaram a inscrição do Enem. Um dos candidatos que perderam o exame tem 39 anos, de acordo com o ministro.
Leia mais: G1 - 24 foram eliminados por postar fotos na web no 1º dia do Enem, diz MEC - notícias em Enem 2013

domingo, 6 de outubro de 2013

Gilson Caroço desfilia-se do PTN

Questão Brasil
Gilson Caroço estuda convites para se filiar, mas sem pressa, já que
não vai participar como candidato da corrida eleitoral do ano que vem
Gilson José de Meneses, o popular Gilson Caroço, esta deixando o PTN por não ter constatado na prática o respeito ao pluralismo de ideias, que é consagrado no estatuto partidário, mas que acabou por não se confirmar na prática.

O PTN é um partido nanico, que no papel tem propostas claras para a sociedade goiana, mas o mesmo partido que prega a democracia interna, a articulação com os movimentos sociais e o livre debate de ideias, não apoia seus filiados e não ouve o que eles têm a dizer.

Gilson Caroço manteve se fiel aos seus princípios e mais ainda aos seus eleitores que depositaram nele a confiança para que disputasse as últimas eleições municipais em Goiânia, e foi fiel ao partido, que acreditava ser um defensor da democracia e contra retrocessos autoritários em defesa de um povo que não tolera mais o fisiologismo político e casos de corrupção que quase sempre ficam impunes.

A decisão choca alguns, a quem Gilson Caroço explica que sua atitude não traz prejuízo ao seu idealismo, por não ser detentor de mandato e não ter a pretensão de ser candidato em 2014, o fez repensar se valia a pena à permanência no partido, pois não pode militar em um partido que não cumpre o que prega e não dá o apoio necessário aos seus filiados.

Gilson Caroço Continua acreditando que a reforma política e, consequentemente, a exigência do cumprimento de um prazo mínimo de filiação dos candidatos, são absolutamente necessários para a depuração da atividade pública.
Reitera que suas convicções continuam as mesmas e que vai estudar melhor os convites que recebeu para filiar-se, e enfim militar por uma legenda que defenda as mesmas ideias que as suas, e jamais se esqueça de defender os direitos do cidadão.

Como a maioria da população, Gilson Caroço considera que a política deve ser exercida com decência e ética. Acredita que o político deve filiar-se e permanecer em uma legenda, com coerência, defendendo os ideais do partido, mas mantendo-se fiel as suas próprias convicções.

A fidelidade partidária não pode ser usada como desculpa para punir quem age em consonância com os interesses populares. Feliz do político que age com a sua consciência e tem o discernimento para entender que o povo é que é o seu verdadeiro patrão.
Leia: 'Caberia mais humildade a Marina Silva', diz José Dirceu - Terra Brasil

domingo, 1 de setembro de 2013

Três mil professores desistem de dar aula  em São Paulo todos os anos

Professores em greve todos os aanos não é uma exclusividade de São Paulo, é comum em todo o país
A cada dia, oito professores concursados desistem de dar aula nas escolas estaduais paulistas e se demitem. A média de pedido de exoneração foi de 3 mil por ano, entre 2008 e 2012. Salários baixos, pouca perspectiva e más condições de trabalho estão entre os motivos para o abandono de carreira.

Os dados obtidos pela reportagem do estadão por meio da Lei de Acesso à Informação são inéditos. A rede tem 232 mil professores - 120,8 mil concursados, 63 mil contratados com estabilidade e 49 mil temporários. A fuga de professores também é registrada na rede municipal de São Paulo, mas em menor escala. As escolas paulistanas têm média de 782 exonerações por ano desde 2008.
Leia mais: Três mil professores desistem de dar aula  em São Paulo todos os anos - Educação - iG

sábado, 31 de agosto de 2013

Sintego participa da paralisação nacional e pede pela não aprovação do Projeto de Lei de autoria de Sandro Mabel

Projeto de Lei de Sandro Mabel 
é nocivo a categoria segundo Sintego
A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Ieda Leal, afirma que em Goiânia a manifestação de ontem também reivindicou algumas questões regionais. Ela diz que a maior luta do sindicato atualmente é contra o Projeto de Lei de Sandro Mabel (chamado por ela de “PL do Bolacha”), que permite a terceirização do trabalho em todos os setores.

O grupo sustenta que a terceirização irá acabar com o serviço público e protestou em frente ao escritório de Sandro Mabel. “Não vamos mais permitir que ele nos envergonhe”, pontua Ieda.

A presidente do Sintego afirma que também estão lutando pelo direito de exercer greve, sem punição, além do pagamento integral da data-base, que até agora não foi votado pelos deputados. “A Assembleia vai votar o que o governador manda”, sustenta. O sindicato também exige aumento salarial para os servidores do Estado.
Sintego participa da paralisação nacional e pede pela não aprovação do PL do goiano Sandro Mabel - Jornal Opção

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

A Presidente Dilma assina contrato de número 1 milhão do FIES via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

Agência Brasil

A presidente da República, Dilma Rousseff, assinou hoje (22), simbolicamente, o milionésimo contrato firmado entre estudantes e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) desde 2010. O programa oferece cobertura de até 100% do valor da mensalidade de universidades particulares, e pode ser pago após o aluno concluir o ensino superior.

“Aquela frustração de muitas pessoas que era cursar uma universidade, essa frustração está sendo superada. As pessoas estão conseguindo, com isso, uma situação melhor no mercado de trabalho. Mas não é só no emprego, é a realização quando olhamos para as nossas vidas”, disse a presidenta no evento de assinatura, em São Paulo.

A Presidente Dilma Rousseff assinou simbolicamente 
o contrato de número 1 milhão do FIES
Engenharia e direito são os cursos com maior número de contratos firmados (179 mil cada), seguidos de enfermagem (76 mil), pedagogia (47 mil), medicina (26 mil); arquitetura (24 mil), odontologia (22 mil) e farmácia (22 mil). Segundo o Ministério da Educação, o Fies soma hoje 1.029.170 contratos firmados.

“Pouco tempo atrás, esse sonho [de cursar o ensino superior] era difícil. Hoje, nós demos passos significativos ao aumentar a soma de oportunidades, ao aumentar o acesso a educação. O ProUni [Programa Universidade para Todos] e o Fies são as duas faces da mesma moeda, completam todo o esforço de aumentar o número de universidades e leva-as a todas regiões do país”, destacou a presidenta.

A presidenta Dilma disse estar satisfeita com a aprovação, na semana passada, pelo Congresso Nacional, da lei que obriga a aplicação de 75% dos royalties do petróleo para investimentos em educação. “É uma vitória que vai durar em torno de 50 anos. Só com as partes do royalties, sem contar com o Fundo Social, vamos ter 2 bilhões [de reais] a mais para educação ano que vem. Em 2015, serão 3 bilhões, em 2016 serão 6; em 2020, 20 bilhões de reais”, ressaltou.

O Fies concede financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores privados, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. O programa oferece cobertura até 100% do valor da mensalidade com juros de 3,4% ao ano. O contratante só começa a quitar o financiamento 18 meses depois de formado.

Apenas alunos com renda familiar mensal de, no máximo, 20 salários mínimos podem pedir o financiamento. A cobertura de 50% ou 100% dos encargos do curso é calculada de acordo com a renda familiar mensal bruta e do comprometimento da renda com os custos da mensalidade. Os pedidos de financiamento podem ser apresentados em qualquer período do ano.
Leia mais: Jornal do Brasil - País - Dilma assina contrato de número 1 milhão do Fies

domingo, 18 de agosto de 2013

Professores em greve fazem enterro simbólico de Sérgio Cabral via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

Todos os dias tem protestos no Rio de Janeiro, Sérgio Cabral é o governador mais impopular do Brasil


Agência Brasil


Rio de Janeiro – Os profissionais de educação das redes estadual e municipal do Rio fizeram uma manifestação neste domingo (18), percorrendo da praia do Leme ao Posto Seis, em Copacabana. Ao término da passeata, os cerca de 300 manifestantes foram até a areia, onde fizeram o enterro simbólico do governador Sérgio Cabral. Entoaram ladainhas e enterraram o caixão carregado durante o protesto, junto com um boneco representando a figura do governador e jogaram terra por cima.

Os profissionais da rede estadual de ensino têm um encontro amanhã (19), às 10h, com o secretário de Educação, Wilson Risolia, para discutir uma proposta de reposição salarial de 28% para a categoria. Em abril, o governo concedeu reajuste de 8% para os professores, servidores administrativos e merendeiras da rede estadual de ensino. O secretário Risolia anunciou na sexta-feira passada (16) que encaminhou para a Secretaria de Planejamento a relação dos faltosos para que tenham os dias cortados.

Após a audiência com o secretário, os professores da rede estadual vão se unir aos professores da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado e às 14h fazem um protesto contra o governador Sérgio Cabral, na esquina de Avenida Delfim Moreira com Rua Aristides Espínola, no Leblon, perto do apartamento de Cabral.

A coordenadora do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, Marta Moraes, disse que o sindicato vai entrar na Justiça para garantir o direito de greve, sem o corte do ponto. O juiz Eduardo Antonio Kalusner negou a tutela antecipada ao sindicato, porque a prefeitura não tinha anunciado o corte do ponto dos professores em greve. Como o prefeito Eduardo Paes disse nesse sábado (17) que vai cortar o ponto da categoria, o sindicato vai entrar com nova medida judicial para garantir o movimento, sem a perda dos dias parados.
Leia mais: Professores em greve fazem enterro simbólico do governador Sérgio Cabral | Agência Brasil

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Ministério da Educação prorroga prazo de matrícula do Sisutec até terça-feira dia 20 via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

O Ministério da Educação dediciu prorrogar até a próxima terça-feira (20) o prazo para que os candidatos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) façam a matrícula no curso para o qual foi selecionado. O prazo original terminava nesta sexta-feira (16). A portaria com a mudança foi publicada nesta sexta-feira no "Diário Oficial da União".
Também mudou o dia de anúncio e da matrícula da segunda chamada de aprovados. A segunda chamada será no dia 22, e a matrícula será de 23 a 27 de agosto.
Leia mais: G1 - MEC prorroga prazo de matrícula do Sisutec até terça-feira - notícias em Educação

sábado, 13 de julho de 2013

Jovem que sobreviveu ao Talebã leva luta por educação à ONU via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

Malala é inspiração para famílias
paquistanesas que querem educar
suas filha
Depois do atentado, Malala foi levada para a Grã-Bretanha para receber tratamento médico. Hoje, ela e sua família vivem em Birmingham, na Inglaterra.
Mas desde então, as matrículas voltaram a crescer, inspiradas pela recuperação da jovem e por seu ativismo pela educação.
O Paquistão, no entanto, ainda é um dos países com o número mais baixo de alfabetização e matrícula de meninas, segundo organizações de ajuda humanitária. Em todo o mundo, um quarto de jovens mulheres não completaram a escola primária.
Durante seu discurso, Malala pediu que políticos ajam para garantir que todas as crianças exerçam o direito de ir à escola.
Ela disse ainda que os extremistas temem os livros e temem também as mulheres. Livros e canetas, segundo a jovem, são as armas mais poderosas contra o terrorismo.
"Uma criança, um professor, um livro e uma caneta podem mudar o mundo", afirmou.


Leia mais: Jovem que sobreviveu ao Talebã leva luta por educação à ONU - BBC Brasil - Notícias

domingo, 30 de junho de 2013

ProUni: MEC divulga resultado da primeira chamada

O Ministério da Educação divulgou neste domingo, na internet, o resultado da primeira chamada da segunda edição do Programa Universidade para Todos (ProUni).O estudante selecionado deve comparecer entre os dias 1º a 8 de julho à respectiva instituição de ensino para providenciar a matrícula, e se for o caso, participar da seleção da própria instituição.

O resultado da segunda chamada está previsto para o dia 16 de julho. O estudante aprovado terá de 16 a 22 do mesmo mês para se matricular em instituição de ensino.

O programa registrou até as 18h de quarta-feira, 393.405 inscritos, segundo o Ministério da Educação (MEC).

Para se candidatar o estudante deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e obter no mínimo 450 pontos na média das notas e não tirar zero na redação. Neste segundo semestre o programa oferece 90.045 bolsas, sendo 55.693 integrais, em instituições de ensino particulares de educação superior.

LISTA DE ESPERA

Caso pretenda integrar a lista de espera, o candidato terá de fazer a adesão, também on-line, de 26 a 29 de julho. A lista estará disponível no site do Prouni para consulta pelas instituições em 1º de agosto.

Leia Mais: SRZD | ProUni: MEC divulga resultado da primeira chamada | Notícia | Brasil

sábado, 29 de junho de 2013

AGU derruba questionamento sobre prova de títulos em Goiás | Blog Eu Vou Passar :. Prepare-se com os melhores

A Advocacia-Geral da União (AGU) afastou, na Justiça, questionamento de candidata sobre avaliação e pontuação concedida pela banca examinadora do concurso para vaga de professor de educação física do Instituto Federal de Educação (IFG).

A autora da ação foi classificada em segundo lugar no certame para a única vaga de professor. Ela alegava que a instituição de ensino não computou como “experiência em empresa na área de atuação” (item 3), na prova de títulos, sua atividade de gerência de ensino especial na Secretaria da Educação de Goiás.

A Procuradoria Federal no Estado de Goiás (PF/GO) e a Procuradoria Federal junto ao Instituto Goiás (PF/IFG) esclareceram que o trabalho de gerência já havia sido incluído no item “experiência profissional” referente ao tempo dedicado à docência no ensino superior (item 1). De acordo com as procuradorias, o assessoramento, direção e coordenação são funções inerentes à carreira de magistério, portanto, não poderia ser novamente considerado no item “experiência em empresa”.

Os procuradores federais afirmaram, ainda, que não houve qualquer ato abusivo ou ilegal do IFG que pudesse ferir direito líquido e certo da candidata, tampouco direito a revisão da avaliação e pontuação concedida pela banca examinadora.

A 6ª Vara da Seção Judiciária de Goiás acolheu os argumentos da AGU e negou o pedido da candidata. A decisão destacou que a autora da ação “no momento da comprovação dos títulos, limitou-se a apresentar seu currículo, juntando as certidões comprobatórias das atividades exercidas em momento posterior, por ocasião do recurso, de forma intempestiva”.

A PF/GO e a PF/IFG são unidades da Procuradoria-Geral Federal, órgão da AGU.

Ref.: Mandado de Segurança nº 20629-83.2012.4.01.3500 – 6ª Vara da Seção Judiciária de Goiás


Fonte: AGU derruba questionamento sobre prova de títulos em Goiás | Blog Eu Vou Passar :. Prepare-se com os melhores

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Gilson Caroço e a redução da tarifa da Saneago

Gilson José de Meneses, o popular Gilson Caroço
Gilson Caroço que é funcionário da Saneago, trabalha na área de cadastros da empresa, viajando por todo o Estado de Goiás, sempre ouviu dos usuários do sistema que gostariam de ver uma redução significativa na taxa de esgoto.
O que alguns consumidores de Goiás já podem comemorar é uma pequena, mas significativa redução no valor da tarifa. O Conselho Regulador da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) aprovou na segunda-feira (10) a redução de 2,17% no valor da tarifa de água e esgoto cobrada pela Empresa de Saneamento de Goiás S/A (Saneago). O reajuste passa a valer a partir de 1º de julho.
Esta redução na conta de água é uma consequência de outra queda, a da tarifa de energia elétrica. No início do ano, o governo federal determinou a redução de 21% nas contas de energia para os consumidores industriais de todo o país.
Desde fevereiro, a Saneago paga o valor reduzido pelos serviços da Companhia Elétrica de Goiás (Celg).
Gilson Caroço diz que apesar de pequeno o percentual de redução irá beneficiar o usuário do sistema, que em tempos de carestia e ameaça de inflação é muito bem vindo.

domingo, 9 de junho de 2013

Paulo Magalhães e autoridades discutem reforma da Praça de Esportes com a comunidade

Deputado Major Araújo e os Vereadores Paulo Magalhães e 
Virmondes Cruvinel Filho unidos por um propósito comum 
Uma reunião pública foi realizada na praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico, para discutir e cobrar uma ampla reforma do local.

O evento teve caráter de audiência publica, proposta pelo Vereador Paulo Pereira Magalhães, que ouviu os anseios da comunidade e também seus temores pelo fato de ter circulado a notícia que as pessoas que utilizam do local para lazer, tratamento de saúde e diversão podem perder o direito de realizar ali as suas atividades.

Os moradores do setor Pedro Ludovico foram convidados pelo Vereador Paulo Magalhães e muitos se fizeram presentes na reunião para expôr o que pensam da prometida reforma, e ouviram das autoridades presentes as respostas que queriam, já que os Vereadores e Deputado presentes se comprometeram a lutar por uma Praça cuidada e entregue para a população.

Os moradores gostaram da iniciativa da reunião para ouvi-los e dar-lhes a chance de sentir que suas vozes estão sendo ouvidas.

Todos os participantes presentes também elogiaram o fato dos políticos de partidos, ideologias ou tendências diferentes estarem juntos nesta cruzada em prol da Praça de Esportes que é um patrimônio da região sul da capital.

Os Vereadores Paulo Magalhães, Thiago Albenaz (PSDB), Virmondes Cruvinel Filho (PSD) e o deputado Major Araújo (A caminho da Rede) colocaram de lado por instante a suas diferenças políticas e se prontificaram a discutir e lutar por uma questão que diz respeito ao bem estar do Cidadão, morador do setor Pedro Ludovico ou não.

Os boatos apontam para a exclusão da população, após a reforma, pois a praça seria entregue ao CRER , que faria do local uma extesão do seu centro de reabilitação. Esta informação não é confirmada pela AGEL.
A Professora Renata falou em nome da Agência Goiana de Esportes e Lazer e reiterou que não existe nada que leve a Agência a tirar o direito da população de usufruir da Praça de Esportes.

Antigo ponto de encontro de esportistas e da população da região sul de Goiânia, a Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico pede socorro a muito tempo.
Destinado à iniciação esportiva de crianças e adolescente, o local também oferece de forma gratuita aulas de natação e hidroginástica para adultos, além de ser palco de acirrada disputa de competições amadoras, o espaço está funcionando de modo precário e sem nenhum atrativo para os jovens. Faltam infraestrutura e segurança, os dois maiores gargalos no espaço em função da má conservação do bem público.

O estado de abandono da praça é manifestado na ausência de manutenção básica, nos buracos na tela que cerca todo o complexo, na precariedade dos bebedouros e na falta de cuidado com o campo gramado, que acaba por oferecer risco aos atletas. A pista de atletismo como boa parte da Praça, foi tomada pelo mato e constantemente é utilizada por usuários de drogas.

A Praça de esportes pede socorro, mas os moradores do Setor Pedro Ludovico temem que após a reforma ela seja elitizada e a população impedida de usufruir do local.


sexta-feira, 7 de junho de 2013

Paulo Magalhães vai discutir com a sociedade goianiense a reforma da Praça de esportes do SPL


O Vereador Paulo Magalhães propôs a audiência publica
A Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico é o maior patrimônio que a região sul de Goiânia possui e neste momento ela não vem recebendo nenhuma atenção do poder publico, esta de fato entregue a própria sorte, se deteriorando a cada dia.
Vem ai uma promessa de uma mega reforma no logradouro publico em que as cifras giram na casa dos milhões, como tudo relacionado a este governo. Pois bem o fato de se anunciar uma reforma não seria preocupante, pelo contrário, deveríamos ficar alegres, pois o governo enfim vai olhar para este que é o maior e melhor espaço para lazer das crianças da região.
O que deixa a gente em alerta, é o fato que sempre que as eleições se aproximam, a praça ganha uma "reforma", mas as obras se iniciam, consomem uma fábula e no final nunca são concluídas a contento. O Governador precisa recuperar o seu prestígio, que anda muito em baixa, e é justamente isso que nos faz acreditar que desta vez esta sonhada reforma de fato aconteça. 
Audiência publica neste Sábado, 08 de junho, é proposta pelo Vereador Paulo Magalhães e contará com a participação de Célio Silveira, Presidente da Agência Goiana de Esportes e Lazer. O horário previsto para que se inicie o debate é ás 9h da manhã.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Vereador Paulo Magalhães luta pelo direito dos lavadores de carros de trabalhar em Goiânia

Paulo Magalhães ao lado do Prefeito Paulo Garcia

Vereador Paulo Magalhães (PV), que realizou uma audiência pública na Câmara de Goiânia para discutir a retirada de lavadores de carros da Praça Tamandaré, apresentou o PLC 8/13, que define critérios para o tratamento da água usada neste trabalho. As águas servidas com a utilização da lavagem de carros nas vias públicas deverão receber tratamento adequado para eliminação de poluentes.


De acordo com a matéria, os agentes lavadores de veículos terão o prazo de 180 dias, caso seja aprovado o projeto, a partir da publicação da Lei, para instalarem os equipamentos necessários ao cumprimento da legislação.


Ponto para Paulo Magalhães que mais uma vez se coloca do lado da sociedade, principalmente os mais humildes.



O Vereador Paulo Magalhães não é contra os feirantes e donos de comércios nas praças, como insunuou alguns colegas seus no parlamento municipal, apenas defende que assim como eles, os lavadores de carros também estão ocupando a praça para trabalhar e não para vadiar.


O Vereador Paulo Magalhães se coloca do lado dos mais humildes. A atividade de lavagem de carros na praça Tamandaré é a garantia de sustento de várias famílias e ele não acha justo que da noite para o dia os pais de família, que ali labutam, fiquem sem ter de onde tirar o dinheiro que garante o pão na mesa dos seus filhos.



Esse trabalha mesmo. A população de Goiânia pode ter certeza que o Vereador Paulo Pereira Magalhães vai continuar com atuação destacada, sempre em favor da sociedade e dos mais humildes. 

Paulo Magalhães é a favor dos lavadores continuar na praça
Em pouco mais de 100 dias de mandato, o Vereador mostra que tem compromisso com a sociedade e trabalha para dignificar a sua função no parlamento, vai ser o orgulho de quem votou nele e com certeza já esta conquistando a admiração de todos que acompanham o seu trabalho. Enquanto os "oportunistas" tentam se promover as custas do trabalho dos outros, Paulo corre atrás das melhorias que a comunidade quer e precisa. Ponto para o atuante Vereador Paulo Pereira Magalhães.


Lavadores de carro continuaram trabalhando na Praça Tamandaré, região oeste de Goiânia, mesmo depois que a Justiça determinou a retirada dos hidrômetros que eles utilizavam no local, no mês passado. 
A denúncia foi proposta pelo Ministério Público sob alegação de que os produtos usados para lavar os carros poluem o meio ambiente. Segundo os promotores, a água contaminada acabaria caindo na rede pluvial e na praça não existe rede de esgoto.
Funcionários da Empresa de Saneamento de Goiás (Saneago) foram à praça para retirar os hidrômetros no dia 15 de março, mas não o fizeram por causa de um protesto dos lavadores. O trabalho só foi feito no dia 21 de março, à noite, quando o movimento dos trabalhadores é pequeno.
O Promotor Nardini estendeu a decisão para todas as praças da capital.

 Os trabalhadores possuem autorização da prefeitura de Goiânia, que é renovada a cada ano, para atuar no local. Para isso, eles pagam quase R$ 1.100 por ano. Segundo eles, tantos os pontos de hidrômetros e de energia são regularizados e a conta chega todo mês.

Clientes alegam que, além da comodidade, há uma relação de confiança com lavadores, instalados há vários anos na Tamandaré. Uma lei municipal de 2011 regulamenta o serviço nas praças da capital.

Seguir por e-mail

Pesquisar este blog

Seguidores