Assuntos de Goiás TV

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Executiva Nacional do PT não menciona Dirceu em nota

Assim como aconteceu no escândalo do Mensalão, a cada prisão efetuada pela Polícia Federal, a oposição e a mídia se apressam em dizer que desta vez o PT, Lula e Dilma estão em maus lençois, perdidos na lama da corrupção que assola este país. Após nova prisão do ex-ministro da casa civil, José Dirceu, a cúpula do PT decidiu que não fará sua defesa. A decisão caiu como uma bomba para os apoiadores do partido, e se tornou um prato cheio para os opositores, que usam a mídia e as redes sociais para manifestar sua satisfação com tudo o que vem sendo revelado. Por o Brasil de joelhos parece ser a única coisa que interessa para quem sonha um dia voltar ao poder. 

Em reunião da Executiva Nacional do PT, nesta terça-feira, 4, em Brasília, dirigentes mudaram o tom adotado em relação à prisão anterior do ex-ministro, em 2013, após sua condenação pelo Supremo Tribunal Federal, no escândalo do mensalão, e preferiram não ficar ao lado de Dirceu, considerando que seria defender o indefesável. A avaliação reservada é de que defender Dirceu, neste momento, pode agravar ainda mais a crise que atinge o partido e o governo Dilma, porque ninguém sabe o que está por vir.

A Lava Jato vai paralisar de vez o Brasil, a corrupção praticada por integrantes do PT e partidos aliados, acabou por esticar demais a corda que não resistiu. José Dirceu é reincidente na prática ilícita e até aqueles que acreditaram que sua condenação no episódio do Mensalão teria sido apenas por questões políticas, hoje já estão revendo seus conceitos.

A oposição, sem projeto algum para tirar o Brasil da crise, se deleita com o inferno astral vivido pelo PT, sem com isso se dar por satisfeita, uma vez que a cereja do bolo de destruição do legado petista nestes 12 anos em que estão no poder, será o dia em que os companheiros arrastarem para o olho do furação, Lula e Dilma. Os oposicionistas riem de tudo, pois não estão fazendo nada para ver o PT se arrebentar, o partido de Lula, enquanto legenda mais odiada a cada dia na política brasileira, tem feito de um tudo para se auto-implodir sozinho.

O problema não é esclarecer os crimes cometidos por quem quer que seja, apurar quem foram os beneficiados com as propinas pagas pelos corruptores, ninguém pode ser contra isso em sã cosciência. O Planalto temer que o trabalho da Polícia Federal ou do Juíz Sérgio Moro pode complicar a economia do Brasil, soa como um deboche, pois a atuação das instituições são justamente para ajudar o país a sair da crise, uma vez que apurados os atos de corrupção e a devida condenação de quem de fato mereça punição, vão trazer de volta a confiança dos brasileiros, e quem sabe do Mundo em um Brasil que não permite que o dinheiro público seja malversado por alguns, roubando o futuro de uma nação inteira.
Executiva Nacional do PT não menciona Dirceu em nota - Jornal O Globo


Seguir por e-mail

Pesquisar este blog

Seguidores