Assuntos de Goiás TV

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Praça de Esportes do S. Pedro Ludovico | Falta de recursos ou descaso do Governo de Goiás?

O futebol dos jovens no final de semana foi interrompido, a hidroginástica dos idosos também. 

Iniciação esportiva para as crianças não existe mais e com tudo isso a criminalidade na região explodiu a níveis absurdos. 

Isso sem falar que as piscinas se transformaram em criatórios de mosquito Aedes Aegypti, o que pode caracterizar uma tentativa de homicídio contra os moradores do Setor Pedro Ludovico. Genocídio é mais adequado, uma vez que todos os moradores estão à mercê das doenças transmitidas pelos mosquitos. Um flagelo absurdo.

 A proliferação das drogas, violência e a mais completa sensação de insegurança na região poderiam estar sendo combatidas através do esporte, mas o o maior patrimônio publico da região sul de Goiânia esta no mais completo abandono no Setor Pedro Ludovico.

O Governador Marconi Perillo deveria ter vergonha ao falar em estado rico, com crescimento acima da média e seus assessores deveriam ficar mais envergonhados ainda ao falar que este político tem um projeto para o Brasil. Não tem, ele não dá conta de administrar nem o estado de Goiás, onde a população esta desassistida, as obras estão abandonadas e eles ainda tem coragem de falar em projeto nacional... Deus tenha piedade do Brasil.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Obra parada na Praça e Esportes do Setor Pedro Ludovico #Praçadeesportespedesocorro #QuestãoBrasil via @Reinaldo_Cruz



A Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico completou em 2014, 50 anos de existência e apesar de ser uma marca expressiva o logradouro publico teve pouquíssimos motivos para comemorar. Celeiro de craques da várzea no passado, a Praça de Esportes também era o palco preferido de atletas profissionais, e isso inclui outras modalidades olímpicas e não só o futebol. 



Gramado perfeito, espaço amplo e aconchegante; a Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico acomodava em suas instalações equipes do futebol profissional de Goiás que inúmeras vezes utilizaram dos campos do Setor Pedro Ludovico para se aperfeiçoar a qualidade de seus jogadores. 



Isso lá pelos idos dos anos 1980 até meados da década de 1990. A Praça de esportes do Setor Pedro Ludovico ajudou a “criar” pessoas de bem, não só do bairro, mas de toda a grande Goiânia que naquela época nem era tão grande assim. 



Natação, basquetebol, voleibol, atletismo e futebol eram as modalidades oferecidas as crianças que aprendiam o significado de uma vitória, ao mesmo tempo em que aprendiam a respeitar uma derrota, a Praça de Esportes aliada a políticas publicas foi fundamental para formação de caráter de uma geração inteira no setor Pedro Ludovico e região.

O local, este que poderia estar ajudando a manter jovens ocupados durante o dia, esta completamente abandonada, entregue a própria sorte nos últimos 16 anos, o descaso vem sendo contínuo e  sempre que se aproxima uma eleição, o governo e seus aliados põe o bloco na rua, prometem uma ampla reforma e chegam a garantir que após a revitalização do local, políticas publicas serão postas em prática para que a comunidade possa usufruir do espaço. Tudo não passa de promessa eleitoral, a população se deixa enganar na esperança que os insensíveis que comandam os destinos do estado, enfim tire do papel algo de bom e devolvam ao setor Pedro Ludovico o seu maior patrimônio. A Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico. Em Junho de 2014 o Governador Marconi Perillo autorizou o início de uma reforma na Praça de Esportes, a obra foi orçada em mais de R$ 2 milhões e tinha como prazo para entrega aos moradores de 90 dias. Foi uma festa só, o então Vereador Virmondes Cruvinel Filho mandou fazer panfletos e pôs carros de som nas ruas para anunciar que o mimo a comunidade tinha sido um pedido dele, mas outra dezena de políticos, de olho no quinhão de votos que a benfeitoria poderia trazer, logo se apressaram para fazer faixas  e discursos enaltecendo o Governador, claro que sem deixar de mencionar que eles é que eram o pai da criança.

O Governador vinha em baixa em seus índices de aprovação e estava longe de ser o preferido do eleitorado da região, mas iniciar a reforma no bem público mais precioso da região sul foi capaz de mudar essa história de novo. Digo de novo porque desde 2001 tem sido rotina iniciar obras de reforma na Praça de Esportes, sempre em vésperas de eleições há uma promessa neste sentido. Em 2006 após a demolição do Estádio Olímpico, os postes de iluminação do estádio foram levados e instalados em volta do campo da Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico, a promessa era de que os moradores teriam o local iluminado para prática noturna de esportes. 

Além do então candidato a Governador Alcides Rodrigues, quem mais tirou proveito da promessa foi o também candidato a reeleição para Deputado Estadual Misael de Oliveira que até hoje deve estar esperando os postes darem frutos em forma de lâmpadas.

Pois bem a reforma iniciada em Junho e que era para durar 3 meses, já esta se estendendo por 8 meses e sabe se lá se ela vai chegar ao seu final. 

No momento esta tudo completamente parado por lá e a informação obtida junto aos funcionários do local é que acabou o dinheiro. As pessoas com necessidades especiais, idosas e com problemas de saúde tinham aulas de hidroginástica nas piscinas da Praça e agora não tem mais.

As crianças perderam o espaço para a iniciação esportiva.

Os jovens que não tem mais onde praticar seu esporte favorito, acabam perambulando pelas ruas do bairro por simplesmente não ter o que fazer. Ao invés do Governador Marconi Perillo e seus aliados prometerem construção de depósito de gente (CREDEQ), deveriam eram revitalizar logradouros públicos como a Praça de Esportes para dar ocupação aos jovens, usar o esporte como instrumento para educar e formar cidadãos.

Em 2010 na quadra da Escola de Samba Brasil Mulato, o então Senador e candidato a Governador Marconi Perillo fez promessa de recuperar a Praça de Esportes mais uma vez, ganhou as eleições e nunca mais apareceu no bairro.

Alguém desavisado pode até imaginar que o povo do Setor Pedro Ludovico é bobo. E talvez seja mesmo. 

O vídeo acima foi realizado pela TV Serra Dourada, através do Jornal do Meio Dia, por solicitação de Juvenal Félix, morador do Setor Pedro Ludovico que também esta indignado com esta situação.


Reinaldo Cruz invade a sua tela e traz para você os assuntos de Goiás.
#qb via @Reinaldo_Cruz

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Lygia Fagundes Telles é indicada ao Prêmio Nobel de Literatura

Lygia Fagundes Telles é indicada ao Prêmio Nobel de Literatura por decisão unânime da União Brasileira de Escritores, que a considera a maior autora viva do país. 

O resultado sai em outubro na Suécia.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Listão de Aprovados do AulaDe

Mande um pequeno vídeo dizendo seu nome e local de aprovação para nosso email auladeonline@gmail.com que iremos postar em nosso canal. 

 O seu sucesso será exemplo para outros estudantes que estarão se preparando para os concursos vestibulares e ENEM. 

Ajude o AulaDe a formar a maior lista do Brasil de estudantes aprovados nas universidades! :)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Calouros da USP receberão alerta sobre crimes

Universidade de São Paulo divulga primeira lista de aprovados no vestibular. 

São cerca de onze mil alunos. E eles já devem começar o ano letivo recebendo a cartilha de cuidados de segurança da usp, lançada recentemente. 

 No campus da cidade universitária, na capital, por exemplo, foram muitos os casos de violência nos últimos anos.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Seguir por e-mail

Pesquisar este blog

Seguidores